Bem-vindo/a a Cabeceiras de Basto

Conteúdo

Praia Fluvial da Ranha

Praia Fluvial da Ranha
A Praia Fluvial da Ranha, na freguesia de Abadim, não se encontra classificada enquanto Praia Fluvial. Trata-se, por isso, de uma zona de banhos e de utilização para atividades aquáticas no Rio Peio, sem vigilância a banhistas.

Localização
Ranha
Abadim
Cabeceiras de Basto

Caraterísticas
  • Zona de banhos
  • Zona relvada
  • Edifício de apoio c/ Instalações sanitárias e chuveiros
  • Bar com esplanada
  • Mesas de apoio na área de lazer
  • Campo de voleibol
  • Mesa de ténis de mesa em cimento
Em 17 de junho de 2017, foram inauguradas as obras de renaturalização das margens do Rio Peio, obras que permitiram dotar a zona de banhos, de estar e lazer num espaço muito agradável e confortável.

O Bar da Praia da Ranha encontra-se concessionado e, nos termos do artigo 14º do contrato, está o concessionário obrigado a:
  • a)    Dotar o bar/esplanada de equipamento indispensável ao seu perfeito funcionamento;
  • b)    Manter o espaço em funcionamento de acordo com o respetivo horário;
  • c)    Utilizar de forma prudente e manter em impecável estado de limpeza o bar/esplanada e áreas adjacentes;
  • d)    Manter um bom nível de serviço, confeção e apresentação;
  • e)    Manter perfeitas condições de higiene no desenvolvimento da sua atividade;
  • f)    Efetuar atempadamente o pagamento de rendas, taxas, tarifas, impostos, e contribuições inerentes à exploração;
  • g)    Manter abertas ao público e em perfeito estado de higiene, limpeza e conservação as instalações sanitárias destinadas ao público;
  • h)    Manter as instalações em bom estado de conservação;
  • i)    Respeitar e fazer respeitar o cumprimento de leis e regulamentos aplicáveis ao exercício da atividade, nomeadamente as referentes à higiene e limpeza do estabelecimento;
  • j)    Cumprir o horário definido;
  • k)    Garantir todo o espaço envolvente ao complexo da Praia da Ranha em perfeito estado de higiene, limpeza e conservação;
  • l)    Zelar por todas as áreas e equipamentos que integram o complexo da Praia;
  • m)    Assegurar a colocação dos locais previstos para o efeito do equipamento de socorros a náufragos, disponibilizado pela Câmara Municipal, bem como a sua conservação e recolha no final do período de utilização;
  • n)    Facultar ao Município a fiscalização do espaço e das atividades desenvolvidas, sempre que este lho solicite;
  • o)    Dar conhecimento imediato à Câmara Municipal de qualquer vício que afete o local;
  • p)    Não efetuar qualquer obras no espaço concessionado, sem consentimento expresso e por escrito da Câmara Municipal;
  • q)    Cumprir o Regulamento Geral do Ruído aprovado pelo Decreto-Lei nº 9/2007, de 17 de janeiro, na sua redação atual;
  • r)    Restituir o espaço finda a concessão.
Scroll