Bem-vindo/a a Cabeceiras de Basto

Conteúdo

Mensagem

Presidente Francisco Alves


Caros(as) Cabeceirenses

O novo ano trouxe consigo novos desafios decorrentes do agravamento da situação pandémica em Portugal.

A Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, que desde o início da pandemia tem vindo a implementar um conjunto de medidas para travar a propagação da infeção no concelho, reforçou as medidas que já tinham sido implementadas em 2020.

Assim e atendendo ao dramático cenário que vivemos, o Executivo Municipal aprovou no âmbito do Orçamento para 2021 a implementação de dois importantes programas municipais para apoiar as famílias e as empresas que, por força do agravamento da crise sanitária e económica, se encontram em situação de grande vulnerabilidade financeira.

Trata-se do Programa Municipal Extraordinário de Apoio Económico e Social #CabeceirasCuida e do Programa Municipal de Apoio à Fileira Turística.

O Programa #CabeceirasCuida tem como objetivo apoiar as famílias e as empresas que sentiram e que continuam a sentir um impacto económico muito negativo, através de um conjunto de medidas que passam por apoios a fundo perdido, isenções de pagamento de taxas e tributos, entre outros.

O Programa de Apoio à Fileira Turística, aliado ao programa CABECEIRAS TURISMO|ON já em curso, pretende contribuir para dar resposta aos desafios emergentes da pandemia COVID-19. De entre os principais objetivos está a criação de medidas de exceção de apoio à fileira turística que contribuam para minorar os impactos da pandemia.

A autarquia continua atenta e a acompanhar, diariamente, o evoluir da situação de risco provocada pela pandemia que permanece bem ativa em Portugal e no mundo.

Através dos Serviços Municipais de Proteção Civil e da Ação Social é disponibilizado aos munícipes apoio psicológico e social, bem como apoio na entrega de bens essenciais e medicamentos às pessoas sem retaguarda familiar. E a missão continua em conjunto com a Comissão Municipal de Pessoas Idosas de Cabeceiras de Basto, Régie Cooperativa Basto Vida, Banco Local de Voluntariado e em articulação com os Serviços de Saúde locais, Juntas de Freguesia, Instituto da Segurança Social, GNR e IPSS’s.

Ainda no início deste novo ano os Serviços Municipais de Proteção Civil reforçaram a entrega de material de proteção individual pelas instituições concelhias, sendo distribuídas cerca de 22 mil unidades, entre máscaras cirúrgicas, máscaras FFP2, batas descartáveis, luvas, protetores de sapatos, toucas, óculos, manguitos e aventais descartáveis.

Deparamo-nos hoje com um duro confinamento com o encerramento das Escolas, dos serviços, do comércio não alimentar, entre outros, e todos somos chamados a cumprir o nosso dever.

Ficar em casa é imperativo para travar o dramático número de mortes a que assistimos nos últimos dias.

Temos uma difícil batalha pela frente mas juntos, cumprindo as orientações da Direção Geral da Saúde, estou certo que ultrapassaremos mais este desafio.

Fique em casa, pela sua saúde e pela saúde de TODOS!




Francisco Luís Teixeira Alves
[Presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto]

22 janeiro 2021
Scroll