Bem-vindo/a a Cabeceiras de Basto

Conteúdo

Grupo Coral do Arco de Baúlhe vence o Concurso de Quadras de S. Martinho

12 de novembro de 2013
O Grupo Coral da Paróquia de S. Martinho do Arco de Baúlhe venceu ontem, dia 10 de novembro, pelo segundo ano consecutivo, o Concurso de Quadras de S. Martinho, uma iniciativa promovida pelo Município de Cabeceiras de Basto e que decorreu no Pavilhão Desportivo do Arco de Baúlhe, onde se juntaram centenas de pessoas das várias freguesias do concelho de Cabeceiras de Basto.
Em segundo lugar classificou-se a associação Cavaquinhos da Raposeira e em terceiro lugar a associação Basto em Ação.

Refira-se que os três primeiros classificados do concurso receberam a quantia de 300, 250 e 200 euros, respetivamente, enquanto os restantes grupos participantes receberam um prémio de participação no valor de 100 euros.
Ao todo, participaram no 13º Encontro/Concurso de Quadras de S. Martinho 31 grupos, 12 dos quais que se apresentaram ao concurso e os restantes 19 que participaram no encontro, cabendo ao júri do concurso a atribuição dos três primeiros prémios.

Refira-se que este ano integraram o júri os professores João Soares, Agostinho Gomes e Luís Vinhais.
Trajados a rigor, mais de 500 cantadores/tocadores em representação das associações, coletividades e instituições do concelho de Cabeceiras de Basto interpretaram músicas e letras originais ou adaptadas alusivas à época, revivendo a tradição e estimulando a defesa do património cultural que são as cantigas populares.

Com esta iniciativa, o Município pretendeu envolver as associações, coletividades e instituições do concelho numa tarde de recriação de costumes e valores do nosso património coletivo, possibilitando à população em geral muita animação e convívio.


Vencedores do concurso de poesia de quadras de S. Martinho
Durante a iniciativa foram também entregues os prémios aos vencedores do segundo concurso de poesia de quadras de S. Martinho, uma iniciativa dinamizada pela Câmara Municipal, através da Biblioteca Municipal Dr. António Teixeira de Carvalho.

Este concurso destinou-se aos alunos do 1º, 2º e 3º ciclos do ensino básico do concelho de Cabeceiras de Basto e contou com 21 participantes. Aos três melhores trabalhos foram atribuídos prémios em material pedagógico didático no valor de 50, 30 e 20 euros, a distribuir pelo primeiro, segundo e terceiro classificados, respetivamente em cada categoria.

Assim, na categoria do 1º Ciclo foram atribuídos prémios a Eva Carvalho Vilela (1º lugar),
Bruna Filipa Oliveira Jesus (2º lugar) e Jorge Gabriel Gomes Vieira (3º lugar).

Na categoria do 2º Ciclo classificaram-se Ana Rita Pires da Costa Martins (1º lugar) e Ana Beatriz Dourado Teixeira (2º lugar) e, no que se refere ao 3º Ciclo, destacaram-se Fernando Daniel de Magalhães Pipa Alves (1º lugar), Diana Raquel Pires da Costa Martins (2º lugar) e Ana Rita Marinho dos Santos (3º lugar).
Ao realizar este tipo de iniciativa, a autarquia de Cabeceiras de Basto visou estimular a criatividade e a imaginação dos mais novos, incentivar o gosto pela escrita, nomeadamente de poesia, no caso particular a poesia de cariz popular e preservar as tradições populares.

Durante o evento foi, também, realizado o Sorteio das Cantigas de S. Martinho promovido pela ADIB – Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto com o intuito de angariar fundos para a associação.
Na sua intervenção, o presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Dr. China Pereira, enalteceu a realização de mais uma edição do Concurso/Encontro de Quadras de S. Martinho, uma iniciativa que dá visibilidade às freguesias e à cultura local.

Elogiando o trabalho, empenho e dedicação de todos os grupos que subiram ao palco, China Pereira incentivou-os a continuar a mostrar as suas potencialidades e os seus projetos, sejam eles de carácter cultural, social, recreativo ou desportivo.
Agradecendo o envolvimento e a participação de todos, China Pereira realçou também a importância da dinamização das tradições mais antigas como forma de preservar o património cultural imaterial concelhio. São iniciativas como esta que dinamizam a sociedade civil e criam dinâmicas socioculturais.

O autarca deixou, também, uma palavra de felicitação aos participantes no concurso de poesia de S. Martinho, desejando que as crianças continuem a escrever.
No final da tarde, realizou-se o já tradicional magusto com castanhas assadas e vinho para todos os presentes.

Ao evento não faltaram os presidentes da Câmara e da Assembleia Municipal, Dr. China Pereira e Eng. Joaquim Barreto, o vice-presidente da Câmara, Francisco Alves, a vereadora da Cultura, Dra. Isabel Coutinho, os presidentes das Juntas de Freguesia, entre outros autarcas do município e das freguesias, convidados e público em geral.

Adicionar comentário

Scroll