Bem-vindo/a a Cabeceiras de Basto

Conteúdo

Coletividades recebem apoio para promoção de iniciativas

Deliberações da última reunião do executivo municipal

24 de outubro de 2013
Ainda na sequência das principais deliberações tomadas na última reunião camarária realizada no dia 17 de outubro pelo anterior executivo municipal, destaque para a atribuição de apoios a diversas coletividades tendo em vista a promoção de iniciativas várias em diferentes setores de atividade, cuja promoção contribui direta ou indiretamente para o bem-estar da população.
Neste âmbito, o executivo municipal decidiu apoiar o Clube de Praticantes de Ralis de Basto, tendo em vista ajudar a custear as despesas inerentes à realização do 2º Rali de Abadim/Cabeceiras de Basto, promovido em colaboração com o Motor Clube de Guimarães, iniciativa que trouxe, no verão passado, às aldeias da Cabreira muitos adeptos e participantes da modalidade.

Nesta reunião, foi igualmente atribuído um apoio logístico ao Conselho Económico e Paroquial de S. Martinho do Arco de Baúlhe. Um apoio consubstanciado no fornecimento de mão-de-obra, máquinas e materiais destinados à remodelação e beneficiação do espaço envolvente à Capela de Nossa Senhora dos Remédios, importante templo religioso localizado em plena vila arcoense.

De igual modo, foi apoiada a Associação Guias de Portugal – 1ª Companhia de Cabeceiras de Basto, através da disponibilização do Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto para o desenvolvimento de uma peça de teatro inserida no projeto Ter Mãos Grandes – Missão Moçambique, a levar a cabo no corrente ano de 2013 e em 2014. A esta associação foi ainda autorizada a cedência de espaços públicos e transporte para a execução de atividades diversas a promover no âmbito do referido projeto de solidariedade.

De referir que o valor global dos apoios atribuídos- financeiros e logísticos –foi de 4.899,30 euros.
Nesta reunião, o executivo tomou conhecimento do ofício enviado pelo Município da Póvoa de Lanhoso, agradecendo toda a colaboração prestada pelo então presidente da câmara cabeceirense, Eng.º Joaquim Barreto, reconhecendo a importância como os dois municípios cooperaram ao longo dos diversos mandatos, colocando sempre os interesses das populações acima de qualquer interesse dos partidos que os dois representam.

A Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto decidiu retribuir e agradecer a forma como a CM da Póvoa de Lanhoso sempre colaborou com a CM de Cabeceiras de Basto na implementação e desenvolvimento de políticas que contribuíram para o bem-estar e o progresso deste concelho.

O executivo registou também o ofício enviado pelo Grupo Desportivo de Cavez agradecendo a colaboração prestada no âmbito das provas de atletismo realizadas nas festas de S. Bartolomeu e que reuniram mais de duas centenas de atletas.

Da mesma forma, registou a missiva enviada pela AADVDB – Associação de Apoio aos Deficientes Visuais do Distrito de Braga, agradecendo toda a disponibilidade, cooperação, solidariedade e apoios concedidos àquela instituição que integra nos seus associados vários cidadãos cabeceirenses.

O executivo tomou conhecimento da informação enviada pela ANMP – Associação Nacional de Municípios Portugueses, dando conta da sua oposição à implementação de “políticas erradas de ataque à coesão social” no que ao encerramento dos serviços de finanças diz respeito e manifestando surpresa por delas ter tomado conhecimento através da comunicação social.

Por fim, o anterior executivo decidiu ratificar diversos protocolos de cooperação estabelecidos entre o Município e outras entidades tais como: a Fábrica da Igreja Paroquial de Outeiro tendo em vista a cedência de três salas da Escola Básica da Sobreira, na freguesia de Outeiro para efeitos de catequese e eventuais reuniões com pais ou paroquiais; a Associação Recreativa de Moimenta disponibilizando uma sala da EB 1 de Moimenta para a realização dos ensaios do Rancho ‘As Lavradeiras da Vila de Cavez’, coletividade que integra mais de sessenta elementos, na sua maioria da freguesia de Cavez; a entrega da antiga Casa do Professor em Cambezes e respetivo logradouro, à Régie cooperativa Basto Vida tendo em vista a dinamização de um Espaço de Convívio e Lazer, direcionado sobretudo para a faixa etária mais idosa da população.
 

Adicionar comentário

Scroll