Bem-vindo/a a Cabeceiras de Basto

Conteúdo

Câmara apoia coletividades em diversos projetos

Bombeiros Voluntários Cabeceirenses recebem maior fatia

16 de maio de 2013
Sob a presidência do Eng.º Joaquim Barreto, reuniu hoje, dia 16 de maio, no edifício dos Paços do Concelho, a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto. Dos assuntos tratados, destaque para o apoio prestado a diversas coletividades tendo em vista a execução de projetos desportivos, culturais, recreativos, sociais, entre outros e cuja dinamização contribui para o bem estar da população.
Dos apoios prestados, inseridos numa lógica de descentralização e de autonomia das diversas entidades no que à execução dos seus planos de atividades diz respeito, o executivo cabeceirense decidiu atribuir um montante global de 71.625 euros.

Deste montante, destaca-se o apoio de 30.000 euros atribuído à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários Cabeceirenses, tendo em vista ajudar a fazer face às despesas inerentes à criação de uma Unidade Local de Formação, ou seja, um espaço destinado à preparação e treino dos bombeiros.

No montante concedido está incluído um valor para financiamento de candidatura no domínio da intervenção: Prevenção e Gestão de Riscos – ‘Aquisição de EPI – Equipamentos de Proteção Individual para Combate a Incêndios em Espaços Naturais’.

À ARDCA – Associação Recreativa, Desportiva e Cultural de Abadim, foi igualmente atribuida uma verba, desta feita destinada a apoiar as despesas tidas com as obras de beneficiação e qualificação que pretendem levar a cabo na Praia Fluvial da Ranha, incluindo no edíficio do antigo matadouro, espaço balnear e zona envolvente. Trata-se de um investimento a aplicar naquela que é uma das praias fluviais mais frequentadas pelos cabeceirenses e pelos visitantes e cuja beneficiação se reveste de grande importância para os banhistas, contribuindo assim, para a qualificação daquela zona de banhos, nomeadamente no que aos edifícios de apoio diz respeito.

O executivo decidiu também, apoiar a Associação Desportiva e Cultural S. João Baptista de Bucos e desta forma ajudar a suportar as despesas tidas com a aquisição de equipamentos de animação do Complexo Florestal da Veiga, naquela freguesia. Trata-se de uma infra-estrutura localizada em plena Serra de Cabreira, com óptimas condições para a prática desportiva, recreativa e de lazer, que esta beneficiação vai certamente valorizar e qualificar em prol de uma melhor oferta ao nível do turismo de natureza e ambiental no concelho.

Nesta reunião, foi ainda decidido apoiar o Agrupamento de Escolas de Cabeceiras de Basto, com a atribuição de uma verba destinada a suportar as despesas tidas com as atividades levadas a cabo no âmbito do Ciclo de Conferências ‘Evocação Internacional de Joaquim Gonçalves dos Santos (1936-2008)’, previsto para o presente ano e que envolveu a presença de diversos académicos que se têm deslocado ao concelho para dar a conhecer facetas da vida e obra deste distinto e genial compositor cabeceirense.

O executivo decidiu ainda apoiar a ANDDI Portugal – Associação Nacional de Desporto para a Deficiência Intelectual, atribuindo-lhe uma verba que se destina a ajudar a suportar as despesas com a participação dos seus atletas (dos quais três são oriundos de Cabeceiras de Basto) no “2.º Campeonato da Europa Open de Atletismo S. Down”.

À Encanto Radical – Associação, foi decidido atribuir um apoio visando atenuar algumas das despesas com a realização de atividades desportivas de natureza diversa, cuja dinamização agrega um grande número de jovens.

Por fim, o executivo decidiu autorizar a constituição de uma Comissão Organizadora dos 500 anos do Foral de Cabeceiras de Basto, data a exaltar em 2014 e na qual se espera não só uma forte adesão associativa, mas também uma ativa participação da população local.
 

Adicionar comentário

Scroll