Bem-vindo/a a Cabeceiras de Basto

Conteúdo

Executivo Cabeceirense distingue cidadãos

Deliberações da última reunião do executivo municipal

12 de abril de 2013
Sob a presidência do Eng.º Joaquim Barreto, reuniu no dia 11 de abril, no edifício dos Paços do Concelho, a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto. Dos assuntos tratados realce para a decisão do executivo municipal em homenagear seis personalidades que ao longo da sua vida e/ou profissão se destacaram e deram um relevante contributo quer para a promoção do desenvolvimento e progresso de Cabeceiras de Basto, quer para a melhoria da qualidade de vida das populações, quer na promoção e aumento do prestígio do nosso Concelho, atribuindo-lhes Medalhas de Mérito Público – grau ouro e prata e Medalha Municipal de Bons Serviços- grau prata.
Medalha de Mérito Público – grau ouro: Eng.º Carlos Duarte e Major General Rui Alexandre Cardoso Teixeira

O executivo municipal decidiu condecorar com a Medalha de Mérito Público – grau ouro – o Eng.º Carlos Manuel Duarte Oliveira. Cidadão que ao longo da sua vida pública, política e profissional tem desenvolvido a sua atividade com um elevado sentido de responsabilidade e missão de serviço público que se tem traduzido numa ação muito empenhada e capaz para a promoção do desenvolvimento do nosso país em geral e da região norte em particular, reconhecida, aliás, pela generalidade dos autarcas do Norte de Portugal.
Da sua intervenção tem resultado um impacto extremamente positivo na melhoria das condições de vida das populações de Portugal, da região Norte e do nosso concelho seja através da incrementação de projetos, seja através da construção de equipamentos e infraestruturas ligados aos diferentes setores de atividade pública, nomeadamente à educação, ao ambiente, às acessibilidades, à cultura, entre outros, geradores de bem-estar para os Cabeceirenses e de que se destacam os Centros Escolares de Refojos e do Arco de Baúlhe, a Escola Básica e Secundária de Cabeceiras de Basto, a Ecopista e a Regeneração Urbana.
Assim, e porque cabe à Câmara Municipal, no âmbito das suas competências e atribuições, reconhecer o mérito de pessoas individuais ou colectivas, de cujos actos resulte aumento de prestígio e promoção do nosso concelho, assim como melhoria das condições de vida da população ou ainda contribuições relevantes nos diversos campos de atividade humana, o executivo Municipal decidiu homenagear o Eng. Carlos Manuel Duarte Oliveira pelo papel preponderante na implementação de ações de promoção do desenvolvimento do concelho de Cabeceiras de Basto, atribuindo-lhe a Medalha de Mérito Público – grau ouro.
O executivo decidiu igualmente atribuir a Medalha de Mérito Público - grau ouro, a título póstumo, ao Major General Rui Alexandre Cardoso Teixeira, falecido em setembro de 2011. Trata-se de um cabeceirense que ao longo da sua vida profissional serviu o Exército Português, desenvolvendo uma ação meritória, notável e exemplar ao serviço do Exército Português e da Guarda Nacional Republicana, prestando serviços de carácter militar extraordinários, relevantes e distintos, consubstanciados nos altos cargos de chefia que desempenhou que muito honrou e prestigiou o Município de Cabeceiras de Basto.

Medalha de Mérito Público – Grau Prata: António Maria Rodrigues Rebelo (a título póstumo) e José de Magalhães


O executivo municipal decidiu ainda homenagear a título póstumo e pelo contributo que deu na melhoria da qualidade de vida das populações e na promoção e aumento do prestígio do nosso Concelho, o cabeceirense António Maria Rodrigues Rebelo com a atribuição da Medalha de Mérito Público, Grau Prata, de Cabeceiras de Basto.
Eletricista de profissão, António Maria Rodrigues Rebelo, dedicou grande parte da sua vida à atividade cívica pública e política, tendo exercido o cargo de membro da Assembleia de Freguesia de Cabeceiras de Basto (S. Nicolau), entre 1981 e 1985. Foi secretário daquela Junta de Freguesia, entre 1985 e 1990, e seu Presidente, entre 1993 e 2001. Em 2001 integrou a lista do Partido Socialista à Câmara Municipal, tendo sido chamado a exercer o cargo de vereador em diversas reuniões do executivo municipal. Foi membro da Assembleia Municipal desde 2009 até ao dia do seu falecimento, em 8 de julho de 2011. Foi também um cidadão muito ativo na sociedade civil participando no movimento associativo. Foi uma referência de dedicação à causa pública no concelho, enquanto autarca e dirigente associativo ao longo de mais de trinta anos.
Também com a Medalha de Mérito Público – grau prata, o executivo decidiu distinguir o autarca José de Magalhães, que serviu na Guarda Fiscal durante trinta e dois anos, depois de ter sido operário da construção civil desde muito jovem. Após a aposentação dedicou-se durante vinte e três anos à atividade política, tendo exercido o cargo de Presidente da Junta de Freguesia da Faia durante 19 anos, entre 1986 e 2005 e de Presidente da Assembleia de Freguesia entre 2005 e 2009.
José de Magalhães foi igualmente, uma referência de dedicação à causa pública no concelho, enquanto autarca e dirigente associativo ao longo de mais de duas décadas, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida das populações e na promoção e aumento do prestígio do nosso Concelho.

Medalha Municipal de Bons Serviços – grau prata: Artur de Oliveira Alves e Manuel Pinto de Sousa


Artur de Oliveira Alve foi trabalhador da Câmara Municipal desde 1978, tendo sido aposentado em 2012 quando desempenhava as funções de encarregado geral operacional depois de ter iniciado a sua carreira como calceteiro, posteriormente mestre e encarregado.
Ao longo da sua vida profissional, ao serviço do Município, Artur de Oliveira Alves desempenhou a sua função, com um profissionalismo inexcedível, responsabilidade, dedicação, zelo, empenho, disponibilidade e entrega, dignos de realce e foi exemplo de trabalho e dinamismo em prol da causa pública e dos Munícipes, reconhecido por diversas vezes pelos órgãos autárquicos, Câmara e Assembleia Municipal com distinções, votos de congratulação e menções de mérito e atribuição de placas e diplomas.
A sua prestação profissional contribuiu assim para o progresso e desenvolvimento do concelho de Cabeceiras de Basto através da sua atividade profissional e para a consequente melhoria da qualidade de vida das populações
Manuel Pinto de Sousa, igualmente trabalhador da Câmara Municipal desde 1982, tendo sido aposentado em 2013 quando desempenhava as funções de encarregado operacional, depois de ter iniciado a sua carreira como asfaltador, posteriormente mestre e encarregado, foi igualmente distinguido pelo executivo.
Ao longo da sua vida profissional ao serviço do Município, Manuel Pinto de Sousa desempenhou com um profissionalismo digno de realce e foi exemplo de grande dedicação, muito trabalho e elevado dinamismo em prol da causa pública e dos Munícipes, reconhecido pelos órgãos autárquicos, Câmara e Assembleia Municipal com diversas menções de mérito.
Durante os trinta e um anos que esteve ao serviço da Câmara Municipal o Senhor Manuel Pinto de Sousa contribuiu, com a sua ação empenhada, experiência técnico-profissional, dedicação, zelo e grande disponibilidade, para o progresso de Cabeceiras de Basto e com a sua participação cívica contribuiu também para o bom nome e prestígio do nosso concelho.
Considerando que cabe à Câmara Municipal reconhecer os bons e efetivos serviços prestados no desempenho da atividade profissional ao serviço da comunidade dos cidadãos que se tenham distinguido pelo seu comportamento e dedicação à causa de bem servir ao longo de vários anos, o executivo decidiu condecorar Manuel Pinto de Sousa, atribuindo-lhe a Medalha Municipal de Bons Serviços, Grau Prata, com o objetivo de distinguir o contributo que deu, através da sua atividade profissional, na melhoria da qualidade de vida das populações, mas também o seu contributo para o desenvolvimento cultural e desportivo do concelho.

Adicionar comentário

Scroll