Bem-vindo/a a Cabeceiras de Basto

Conteúdo

Selecionador Nacional defende potencial do Futsal

I Torneio Interfreguesias de Futsal de Cabeceiras de Basto arrancou no sábado à noite

4 de março de 2013
Selecionador Nacional defende potencial do Futsal para ser considerado «o desporto de pavilhão mais popular»
Realizou-se no passado dia 1 de março, no Auditório Municipal Ilídio dos Santos, o colóquio de abertura do I Torneio Interfreguesias de Futsal de Cabeceiras de Basto subordinado ao tema 'Futsal - o desporto de pavilhão mais popular', uma iniciativa em que o orador convidado foi o Selecionador Nacional de Futsal, Prof. Jorge Braz. A iniciativa foi organizada pela Câmara e pela empresa municipal Emunibasto.
Coube ao presidente da Câmara Municipal, Engº Joaquim Barreto, dar as boas-vindas ao orador e público presente, assim como apresentar o selecionador nacional – natural de Valpaços a residir atualmente em Braga – cujo currículo apresenta uma vasta experiência na área desportiva.

Numa noite de reflexão dedicada ao futsal, à formação, aos jogadores, às equipas e à realidade regional e nacional, o selecionador Jorge Braz começou por afirmar que “do futsal faz parte uma família enorme e que toda ela contribui para o desenvolvimento e crescimento da modalidade”, onde os clubes/equipas assumem um papel preponderante.

Afirmando que “a Federação pretende que o futsal seja a modalidade de pavilhão mais praticada”, Jorge Braz disse que “existe potencial” para sustentar que o futsal seja “o desporto de pavilhão mais popular” em Portugal.

Confirmando que os portugueses têm “muita aptidão para jogar com os pés”, Jorge Braz declarou que “o jogador de futsal tem qualidade e talento”. O mesmo garantiu, ainda, que “não conhece outros locais com tantos equipamentos para a prática de futsal como em Cabeceiras de Basto”.

Na sua intervenção, Joaquim Barreto reconheceu a importância dos equipamentos – pavilhões desportivos e polidesportivos – existentes no concelho ao dispor dos jovens, estruturas desportivas que este primeiro Torneio Interfreguesias de Futsal vem promover e valorizar, ao mesmo tempo que fomenta a utilização daqueles espaços e impulsiona a competição salutar e o convívio entre os jovens das várias freguesias.

“Se aos pavilhões desportivos existentes nas vilas de Cabeceiras de Basto, Arco de Baúlhe e Cavez juntarmos os oito polidesportivos podemos dizer que temos uma boa oferta” ao nível concelhio, destacou Joaquim Barreto, revelando que a autarquia “procura ter um ponto de equilíbrio entre as necessidades da população e aquilo que são os equipamentos existentes” para uma ocupação salutar dos tempos livres.

Dirigindo-se à plateia, maioritariamente composta por jovens desportistas e dirigentes de clubes locais que foram muito interventivos, o edil desejou que o evento seja um sucesso.

No final da sessão, o presidente da Assembleia Municipal, Dr. China Pereira, felicitou o orador pela sua clara exposição, assim como o Município pela organização de mais uma iniciativa voltada para o desporto, uma prática que hoje em dia “é fundamental na vida das pessoas”, pois “melhora” a sua “qualidade de vida”.

O I Torneio Interfreguesias de Futsal de Cabeceiras de Basto arrancou no sábado à noite com os jogos entre as equipas de Abadim – Cabeceiras de Basto e Passos – Basto, disputados no Pavilhão Desportivo de Cavez.

Refira-se que, no total, participam nesta iniciativa 14 freguesias que vão assim desfrutar dos equipamentos existentes no concelho para a prática desportiva.

As próximas equipas a entrar em campo são Refojos – Painzela e Alvite – Riodouro no campo do Alvite e ainda Bucos – Vila Nune e Outeiro – Cavez no campo de Painzela. Os jogos estão agendados para o próximo sábado, dia 8 de março, a partir das 21.00 e 22.00 horas respetivamente.
 


Adicionar comentário

Scroll