Bem-vindo/a a Cabeceiras de Basto

Conteúdo

Secretário de Estado da Alimentação inaugura amanhã Festa da Orelheira e do Fumeiro

Iniciativa terá lugar no pavilhão desportivo de Refojos até ao dia 11

7 de fevereiro de 2013
Festa da Orelheira e do Fumeiro
O Secretário de Estado da Alimentação e Investigação Agroalientar, Dr. Nuno Brito, inaugura amanhã, dia 8 de fevereiro, pelas 17h00m, a 17ª edição da Festa da Orelheira e do Fumeiro de Cabeceiras de Basto.
 
Trata-se de uma iniciativa que terá lugar no pavilhão desportivo de Refojos, cuja organização está a cargo da Câmara Municipal e da empresa Emunibasto e que conta com a participação de 77 produtores/expositores que durante três dias pretendem mostrar/comercializar produtos de qualidade, reveladores de saberes e sabores ancestrais, provenientes na sua maioria de Cabeceiras de Basto, mas também de concelhos limítrofes como são Vieira do Minho e Montalegre, assim como Boticas e Amarante.

De referir que o certame tem como objetivos promover o desenvolvimento local, criar sinergias entre produtores e novos atores sociais, dinamizar a economia do concelho, criar novas oportunidades laborais e fomentar o desenvovimento do território, contribuindo para o bem estar da população e mantendo a matriz rural identitária desta terra, marca que se pretende aprofundar, promover e divulgar.
Secretário de Estado da Alimentação e Investigação Agro-pecuária
A ruralidade – assente num legado patrimonial que urge defender – e a hospitalidade das gentes desta terra localizada entre o Minho e Trás-os-Montes, as especificidades únicas e de grande atratividade do território, associadas às dinâmicas sócio-económicas e culturais implementadas, agregadoras de vários agentes locais, são potenciais fatores geradores de riqueza, emprego e reforço da economia doméstica.

De referir que associado a esta promoção anual de produtos genuínos da terra, resultante de uma estratégia municipal de apoio à agricultura tradicional e à dinamização sócio-económica do concelho que vem sendo implementada ao longo dos anos, a organização apresenta também um programa cultural e lúdico diversificado, que pretende enaltecer as tradições, os usos e os costumes desta terra de Basto.

Além da instalação de uma ‘tasquinha’ destinada à promoção gastronómica confecionada à base de orelheira e de fumeiro no espaço do certame, é de referir ainda, que os produtos expostos foram previamente submetidos a um controlo de qualidade e higiene e que os preços obdecem a uma regulação previamente acordada.
 

Adicionar comentário

Scroll