Bem-vindo/a a Cabeceiras de Basto

Conteúdo

Cabeceiras de Basto nomeado para o «Prémio Municípios do Ano Portugal 2021» da UM-Cidades

Câmara Municipal regozija-se com a nomeação para este prémio

8 de outubro de 2021
Campo do Seco em Cabeceiras de Basto
A Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto tomou hoje, dia 8 de outubro, conhecimento de que está nomeada para a categoria regional do ‘Prémio Municípios do Ano Portugal 2021’ da Universidade do Minho - UM-Cidades com a obra de ‘Requalificação do Campo do Seco’, candidatura enquadrada no grupo de Municípios do Norte com menos de 20.000 habitantes.
Cabeceiras de Basto está nomeado conjuntamente com os municípios de Amares e Monção.

A Câmara Municipal regozija-se com a nomeação para este prémio, sinal de que a intervenção feita tem qualidade e de que a atividade municipal é reconhecida externamente, o que muito orgulha esta autarquia.

A cerimónia de entrega dos prémios está prevista para o próximo mês de novembro e terá lugar na cidade do Funchal, ilha da Madeira. Todos os municípios nomeados receberão um diploma durante a cerimónia de entrega dos prémios.

A intervenção no Campo do Seco – uma praça com 2 hectares no centro da vila de Cabeceiras de Basto – teve como objetivo tornar o espaço público mais bonito, agradável e confortável. Com um montante de investimento superior a 2 milhões de euros, a obra foi financiada pelo Programa NORTE 2020, através do Fundo FEDER.

O Campo do Seco é o maior espaço público da vila. É o recinto onde, há mais de dois séculos, se realiza o maior evento festivo do concelho, a Feira e Festa de S. Miguel mas, também, a feira semanal.
O Campo do Seco precisava de uma intervenção que melhorasse as condições de acessibilidade e circulação de pessoas e veículos, fomentando a sua dinâmica comercial.

Depois dos trabalhos realizados nos anos de 2019 e 2020, o Campo do Seco tem agora mais 61 árvores do que tinha antes da intervenção, 209 lugares de estacionamento, posto para carregamento de viaturas elétricas, instalações sanitárias públicas e armazém para apoio à feira, infraestruturas para a feira semanal, novos espaços ajardinados, renovadas infraestruturas subterrâneas, passeios mais largos, dois ecopontos e diverso mobiliário urbano, faixas de rodagem estreitadas como medida de acalmia de tráfego e monumento ao agricultor valorizado.

Adicionar comentário

Scroll