Bem-vindo/a a Cabeceiras de Basto

Conteúdo

Cabeceiras de Basto integra Rede das Estações Náuticas de Portugal

Conformação das potencialidades geográficas deste território

19 de junho de 2020
Cabeceiras de Basto integra, desde 27 de fevereiro, a Rede das Estações Náuticas de Portugal, constituindo-se um parceiro da Fórum Oceano – Associação da Economia do Mar, através da certificação da Estação Náutica de Cabeceiras de Basto. Importa referir que, das sete candidaturas apresentadas no final de 2019, a Estação Náutica de Cabeceiras de Basto e a Estação Náutica de Monsaraz foram as únicas certificadas.
Com a obtenção desta certificação, Cabeceiras de Basto tornou-se pioneira enquanto Estação Náutica em zona fluvial. As potencialidades geográficas deste território do interior, em sintonia com os seus recursos naturais, as tradições e os agentes económicos regionais e locais fazem com que a Estação Náutica, assente nos pilares estratégicos ‘Cabeceiras Rios e Desporto’ e ‘Cabeceiras Natureza e Água’, seja um projeto inovador e ambicioso.

Esta certificação representa, para além de uma oportunidade única para o turismo do concelho, uma proposta de valor acrescentado e diferenciador, que tem, simultaneamente, como definição e objetivo fundamental construir e proporcionar um conjunto de emoções e experiências aos Cabeceirenses e visitantes, enquadradas numa diversidade de produtos turísticos.

A Câmara Municipal, entidade coordenadora deste projeto, conta com 27 parceiros que aceitaram abraçar a iniciativa e que integram o Conselho da Estação Náutica de Cabeceiras de Basto. Todos estes parceiros demonstraram a sua disponibilidade em colaborar na elaboração de um plano de ação e de atividades desde a primeira hora, aquando da formalização da candidatura em outubro de 2019. Integram esta parceria o Turismo do Porto e Norte de Portugal; a Comunidade Intermunicipal do Ave; associações nacionais, regionais e locais que atuam na área do desenvolvimento territorial ou na prática de desportos aquáticos, entre outros; instituições de ensino como o Agrupamento das Escolas de Cabeceiras de Basto, o Externato S. Miguel de Refojos e a Escola Profissional de Fermil; e ainda diversas unidades de alojamento e restaurantes locais.

Até ao próximo dia 15 de julho, a Fórum Oceano pretende colocar online o Portal ‘NAUTICALPORTUGAL.COM’ com os contributos das 23 Estações Náuticas Certificadas até à data e as cinco em fase de certificação. Este site tem por objetivo a divulgação da Rede das Estações Náuticas de Portugal e de toda a oferta turística de cada território onde as mesmas se inserem. Pretende funcionar como uma ferramenta prática e muito reveladora de todo o potencial deste projeto.

De referir que a Estação Náutica de Cabeceiras de Basto – muito valorizada também pelas ribeiras e rios como o Tâmega (com a sua Pista de Pesca Internacional em Cavez), o Ouro e o Peio e muitos outros cursos de água, pelas praias fluviais e outras zonas de banhos como Cavez, Ranha, Poço do Frade e Cumieira – vai ser brevemente apresentada ao público.

Adicionar comentário

Scroll