Bem-vindo/a a Cabeceiras de Basto

Conteúdo

Cabeceiras de Basto é o concelho mais atrativo para comprar casa no distrito de Braga

Estudo pela «Compara Já» entidade que compara produtos financeiros

10 de dezembro de 2019
Cabeceiras de Basto - vista aérea panorâmica
Pela ‘Compara Já’, entidade que compara produtos financeiros, com sede em Lisboa, foi disponibilizado à Câmara Municipal um estudo, com autorização de divulgação, que entendemos tornar público para conhecimento dos Cabeceirenses, sendo que a informação constante no referido estudo é da total responsabilidade da ‘Compara Já’.
Num panorama em que o mercado do crédito habitação e o setor imobiliário encontram-se em franco crescimento, a plataforma sem custos ComparaJá.pt avaliou os custos de comprar casa nas várias localidades do distrito de Braga. Tendo em consideração os rendimentos e preço por m2 médios, procurou-se apurar quanto tempo um agregado familiar necessita para pagar o seu imóvel.

Anda à procura de uma casa em Braga? Então deverá saber que Cabeceiras de Basto é o município onde o preço das habitações é mais atrativo.

Para a concretização deste estudo, o portal online que permite comparar vários produtos bancários a ofertas de telecomunicações procurou apurar qual o prazo mínimo de um empréstimo para a aquisição de uma casa com 100 m2 em cada concelho. Com efeito, considerou-se uma taxa de esforço mensal de 33%.

Na tabela seguinte estão sumarizados os dados recolhidos pelo ComparaJá.pt para a cidade de Braga. Graças à forte competitividade do preço por m2, Cabeceiras de Basto é o município mais barato para comprar casa. São precisos pouco mais de 21 anos para concretizar o sonho de ter uma habitação própria.

 

Quantos anos são necessários para comprar uma casa com 100m2 em cada município de Braga?

Base no rendimento médio e preço por m2 médio (média ponderada do total de imóveis)
 
Concelho Preço m2 (€) Salário líquido mensal (€) Taxa de esforço a 33% (casal/€) Valor do imóvel (€) Valor do Crédito
(LTV 80%) (€)
Nº Anos p/ pagar o Crédito Entrada inicial
(20%) (€)
Poupança p/ entrada inicial
(Nº Anos)
Total Anos
Cabeceiras de Basto 711 509 336 71095 56876 18,0 14219 3,5 21,5
Vila Verde 782 559 369 78152 62521 18,0 15630 3,5 21,5
Vila Nova de Famalicão 922 606 400 92196 73757 20,1 18439 3,8 24,0
Barcelos 875 560 370 87526 70021 20,9 17505 3,9 24,8
Póvoa de Lanhoso 856 528 349 85580 68464 21,9 17116 4,1 26,0
Amares 945 577 381 94498 75599 22,2 18900 4,1 26,4
Fafe 829 504 332 94580 75664 22,2 18916 4,1 26,4
Guimarães 946 578 381 82946 66357 22,4 16589 4,2 26,6
Celorico de Basto 898 528 349 89775 71820 23,4 17955 4,3 27,7
Braga 1131 627 414 113095 90476 25,5 22619 4,6 30,1
Vizela 1033 519 342 103320 82656 29,6 20664 5,0 34,7
Vieira do Minho 1227 575 380 122667 98134 33,1 24533 5,4 38,4
Esposende 1268 574 379 126764 101411 35,0 25353 5,6 40,6
Terras de Bouro 1690 589 389 168975 Excede prazo limite de 40 anos no crédito habitação


Nesta análise é necessário destacar dois fatores essenciais. Em primeiro lugar, a taxa de esforço que diz respeito à percentagem do rendimento familiar que se destina à amortização das prestações dos empréstimos, cujo valor é calculado da seguinte forma: (Encargos financeiros mensais/Rendimento) X 100.

Se verificar que a sua taxa de esforço é elevada, significa que grande parte dos seus rendimentos é alocado ao pagamento dos créditos bancários. Assim sendo, aconselha-se que esta taxa não seja superior a 33%.

Por outro lado, ainda deve ter em atenção um aspeto que tende a ser desvalorizado na hora de solicitar um empréstimo: a poupança necessária para amortizar o valor da entrada inicial. Geralmente, este montante equivale a 20% do valor do imóvel.

Posto isto, antes de tomar aquela que deverá ser uma das decisões mais importantes da sua vida – comprar uma casa própria – deverá analisar cuidadosamente o estado das suas finanças pessoais. Se anda à procura de uma habitação no distrito de Braga, o município de Cabeceiras de Basto é o mais atrativo.

Adicionar comentário

Scroll