Bem-vindo/a a Cabeceiras de Basto

Conteúdo

Digressão teatral chegou ao fim

12 apresentações nas freguesias permitiram aos cabeceirenses um acesso mais próximo ao teatro

3 de dezembro de 2019
Digressão teatral chegou ao fim
Chegou no dia 1 de dezembro, ao fim a digressão da peça ‘A Farsa de Inês Pereira’ pelo concelho, um clássico do dramaturgo português Gil Vicente, que foi levada às freguesias pelo Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto (CTCMCB), no âmbito do Projeto Dezcentralizar.
Os presidentes da Câmara e da Assembleia Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves e Eng. Joaquim Barreto, assistiram à apresentação do espetáculo na antiga escola primária de Chacim, em Refojos.

Marcaram também presença nesta sessão, vereadores, o presidente da Junta de Freguesia de Refojos, Outeiro e Painzela, Leandro Campos, entre outros autarcas da freguesia.

No total, foram 12 apresentações que permitiram aos Cabeceirenses das mais diversas freguesias um acesso mais próximo ao teatro, numa iniciativa que há 6 anos descentraliza a oferta cultural e promove as artes cénicas junto da comunidade.

Com uma montagem cómica e leve, esta encenação teatral esteve também em exibição na sede da Junta de Freguesia de Bucos, na passada sexta-feira, dia 29 de novembro e no Salão Paroquial de Riodouro no sábado, dia 30 de novembro.

Adicionar comentário

Scroll