Bem-vindo/a a Cabeceiras de Basto

Conteúdo

Atribuição do galardão de «Autarquia + Familiarmente Responsável»

Francisco Alves vê reconhecida política municipal

29 de novembro de 2019
Cabeceiras de Basto - Autarquia Mais Familiarmente Responsável
Tal como noticiámos anteriormente, a Câmara Municipal foi distinguida como ‘Autarquia Mais Familiarmente Responsável’. No passado dia 27 de novembro, no auditório da Fundação FEFA - Fundação para os Estudos e Formação Autárquica, em Coimbra, o presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, recebeu o respetivo galardão.
Acompanhado da vereadora da Ação Social, Dra. Carla Lousada, o presidente da Câmara recebeu, nesta cerimónia, a bandeira alusiva, que lhe foi entregue pelo Secretário de Estado da Descentralização e da Administração Local, Dr. Jorge Botelho.

O momento foi de grande satisfação e regozijo para o presidente da Câmara Municipal, que viu assim reconhecidas, publicamente, as políticas e medidas que têm vindo a ser disponibilizadas às famílias. Trata-se de incentivos de grande relevância para os Cabeceirenses, que continuam a promover a melhoria da qualidade de vida dos agregados familiares.

Pelo segundo ano consecutivo, o Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis distinguiu a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto como ‘Autarquia Amiga das Famílias’.

Para além do conjunto de apoios que começam no nascimento das crianças, passando pelos apoios às famílias numerosas com benefícios nas tarifas da água e saneamento, bem como na redução da taxa do IMI, a autarquia Cabeceirense também apoia as famílias mais carenciadas através das taxas sociais. Também as famílias com filhos estudantes não são esquecidas.

Para além dos apoios nos transportes, refeições e prolongamentos de horários, aquisição de livros e material escolar, a Câmara Municipal atribui, anualmente auxílios económicos a alunos do ensino secundário e bolsas de estudo a alunos do ensino superior. A tudo isto junta-se, ainda, a redução de taxas para a construção de habitação própria para jovens dos 18 aos 35 anos de idade.

A Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto continua, assim, a colocar as pessoas e as famílias em primeiro lugar.

De salientar que o Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis é uma iniciativa da Associação Portuguesa de Famílias Numerosas, em parceira com Instituto da Segurança Social, tendo como missão acompanhar, galardoar e divulgar as melhores práticas das autarquias portuguesas em matéria de responsabilidade familiar.

Adicionar comentário

Scroll