Bem-vindo/a a Cabeceiras de Basto

Conteúdo

«Mesa de Cabeceiras» no Ignácio em Braga com a Chef Paula Peliteiro

Em 18 de junho será a vez do Porto receber «A Mesa de Cabeceiras»

22 de maio de 2019
«Mesa de Cabeceiras» no Ignácio em Braga com a Chef Paula Peliteiro
O roteiro gastronómico ‘Mesa de Cabeceiras’ esteve a 21 de maio, em destaque no restaurante ‘Ignácio’, em Braga, ícone da restauração minhota. Coube à Chef Paula Peliteiro responder ao desafio de fundir conceitos gastronómicos com ‘Ideias à Prova’. A iniciativa enquadrou-se, também, no âmbito do ciclo de conversas ‘Ideias à Prova’ promovido pela Associação para a Promoção da Gastronomia, Vinhos, Produtos Regionais e Biodiversidade (AGAVI).
Neste ciclo onde juntam-se Chefs de cozinha, enólogos e figuras de destaque no panorama cultural, empresarial, político e social em momentos de degustação e troca de ideias.

Marcaram presença neste jantar o presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, o presidente da Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP), Dr. Luís Pedro Martins, o presidente da AGAVI, Dr. António de Souza Cardoso, os vereadores da Câmara de Cabeceiras de Basto, Dra. Carla Lousada e Eng. Pedro Sousa, gastrónomos, investigadores, especialistas e empresários do setor do Turismo, entre outros convidados.

O tema em destaque neste jantar foi a “Fusão”. Fusão de iniciativas, entidades, ideias, saberes e sabores, acompanhada de uma ementa inspirada nos produtos endógenos das terras de Basto e no receituário beneditino. Regueifa, presunto, sopa de castanhas, lombo de carne barrosã, arroz doce com compota de codorno, entre outras iguarias regadas com vinhos de extraordinária qualidade, dos quais destacamos o vinhão (Madrinha) produzido em Cavez, Cabeceiras de Basto, foram as propostas da Chef Paula Peliteiro.

Cabeceiras de Basto pretende dar, assim, relevo aos produtos locais, bem como ao receituário beneditino característico dos Mosteiros da Ordem de S. Bento, designadamente do Mosteiro de S. Miguel de Refojos, afirmando Cabeceiras de Basto como destino gastronómico.

A ‘Mesa de Cabeceiras’ é um evento dirigido a críticos gastronómicos, bloggers, jornalistas, associações de promoção de gastronomia e vinhos, diretores de escolas de hotelaria, líderes de opinião, imprensa, entre outros, que terão um papel preponderante na promoção e visibilidade dos produtos locais e da gastronomia tradicional desta terra de Basto.

Depois de ter passado pelo restaurante ‘A Cozinha’ de António Loureiro, em Guimarães, e da degustação de ontem no ‘Ignácio’ em Braga, a 18 de junho será a vez do Porto receber ‘A Mesa de Cabeceiras’, dando novamente destaque às carnes barrosã, maronesa e minhota, entre outros produtos endógenos.

A ‘Mesa de Cabeceiras’ é um evento de exaltação da carne cabeceirense integrado no programa cultural Mosteiro de Emoções que resulta de uma candidatura a fundos comunitários, através do NORTE 2020, que contempla, para além deste programa cultural que se materializa em múltiplas manifestações artísticas, um conjunto de obras de reabilitação do Mosteiro.

Adicionar comentário

Scroll