Bem-vindo/a a Cabeceiras de Basto

Conteúdo

Mensagem

Presidente Francisco Alves


Caros(as) Cabeceirenses

Iniciámos muito recentemente um novo mandato à frente dos destinos da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto e quero, aqui também, agradecer a confiança da maioria dos Cabeceirenses que nos escolheu para continuarmos a trabalhar em prol do bem comum.

Reafirmo o meu compromisso pessoal de servir Cabeceiras de Basto e os Cabeceirenses com trabalho e responsabilidade num quadro de verdade, rigor e transparência defendendo sempre com toda a humildade os valores da liberdade, da democracia, da tolerância, da solidariedade.

Quando olhámos para o passado, o balanço que fazemos é extraordinário. Um balanço que mostra o muito que foi feito com o apoio da grande maioria dos Cabeceirenses, das suas Instituições, do seu movimento associativo e de outras organizações que foram verdadeiros parceiros na construção de uma terra mais desenvolvida.

Por mais que se faça, há sempre mais para fazer. E o futuro reserva-nos muito trabalho.

Queremos continuar a tendência de descida do desemprego. Na verdade, em 2013, apesentavam-se inscritos no Centro de Emprego 1488 cidadãos cabeceirenses desempregados e, em agosto de 2017, 923. Uma boa descida (menos 565 pessoas) que não nos deixa contudo descansados. Para os jovens que ainda se encontram desempregados, principalmente licenciados, deixo uma palavra de esperança. Estaremos atentos a todas as oportunidades.

Queremos continuar a acarinhar o investimento. Queremos continuar a apoiar as iniciativas empresariais. Para os empresários deixo uma palavra amiga, um agradecimento e o reconhecimento da importância que os seus investimentos representam para Cabeceiras de Basto. De acordo com indicadores publicados pelo INE – Instituto Nacional de Estatística a economia gerou no nosso concelho resultados tributáveis, em 2011, de 6 milhões de euros e, em 2015, de 24 milhões de euros. Um aumento muito significativo que registamos com grande satisfação.

Queremos continuar a tendência de subida do valor das exportações. As estatísticas mostram que nos últimos seis anos o valor das exportações a partir de Cabeceiras de Basto passou de 1 milhão de euros, em 2011, para 6 milhões de euros, em 2016.
É este dinamismo de crescimento que queremos para Cabeceiras de Basto.

Quero governar a nossa Câmara com todos e para todos. Desde logo, com o Partido Socialista que me honrou com a sua confiança. Com a Assembleia Municipal e com as Juntas de Freguesia. Com a oposição que respeitaremos no âmbito do seu próprio estatuto. Com as associações empresariais, com as escolas, com as associações culturais e recreativas, com os clubes desportivos, com as Instituições Particulares de Segurança Social e Paróquias e demais instituições concelhias que queremos como parceiros na gestão da coisa pública.

E se a gestão passa pelo bom relacionamento e trabalho conjunto com os restantes órgãos autárquicos, não posso deixar de referir os funcionários da Câmara Municipal que queremos motivados e empenhados no desempenho das nobres funções públicas que desempenham, reconhecendo o profissionalismo, o esforço e a dedicação da maioria e exigindo aos menos dedicados, mais profissionalismo e responsabilidade.

Felizmente temos cada vez mais jovens com formação superior. Isto é muito positivo e deve orgulhar-nos. É necessário não desperdiçar as suas competências e conhecimentos. Trabalharemos em parceria com as instituições e empresas na promoção da inserção e integração no mercado de trabalho dos jovens em geral e dos jovens licenciados em particular. Queremos valorizar o papel do Conselho Municipal da Juventude, fomentando maior envolvimento e dinamismo.

Continuaremos a olhar com muito carinho para os mais idosos que deram tanto de si ao longo da vida pela sua terra e pelos seus e que hoje precisam de uma outra atenção e respeito.

Estaremos ao lado dos mais desfavorecidos promovendo políticas de efetivo apoio e proteção social.
Vamos continuar a trabalhar em rede para que possamos ver o Nosso Mosteiro reconhecido e classificado como Património Cultural da Humanidade.

Vamos continuar a promover a nossa história e a nossa cultura através do aprofundamento do seu conhecimento, da publicação de obras de referência, da realização de eventos que projetem e elevem o que nos identifica como povo e comunidade.

No plano nacional e regional vamos continuar a defender o concelho junto do Governo central, dos organismos que superintendem a atividade municipal e, ainda, das instituições que se encontram associadas connosco.

A nossa Câmara Municipal é uma Câmara de boas contas. E a saúde financeira é fundamental para uma gestão equilibrada, rigorosa e transparente.

É isso que vamos continuar a fazer.

A todos vós envio um abraço amigo.



Francisco Luís Teixeira Alves
[Presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto]
Null
Cabeceiras
Yahoo! Weather
  • Null
  • Null
  • Null
  • Null
Scroll