Bem-vindo/a a Cabeceiras de Basto

Conteúdo

Casa do Tempo acolhe apresentação do livro «Palavras à Procura»

Sarau cultural com entrada livre

27 de novembro de 2013
Casa do Tempo acolhe apresentação do livro «Palavras à Procura»
A Casa do Tempo de Cabeceiras de Basto acolhe sexta-feira, dia 29 de novembro, a apresentação do livro ‘Palavras à Procura’.

Trata-se de um livro de poesia de autoria de Manuela Teixeira, publicado sob o pseudónimo de Emanuella Gyesta.
A iniciativa está agendada para as 21h30, naquele novel equipamento municipal, onde estarão também presentes, os presidentes da Câmara e da Assembleia Municipal, Dr. China Pereira e Eng.º Joaquim Barreto respetivamente, demais autarcas da freguesia e do município, entre outros amigos, convidados e público em geral.

Após a apresentação do livro, segue-se a leitura de poemas por vários elementos do Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, com quem a autora colabora frequentemente.

Licenciada em Português pela Universidade do Minho, esta professora cabeceirense com 31 de idade, apresenta uma vasta experiência na área curricular da Língua Portuguesa, tendo percorrido vários pontos do país, onde lecionou e deu formação.

Das suas atividades em torno das letras, destaca-se a participação, como leitora de poemas nas ‘tardes de música e poesia’ realizadas no Café Guarany, no Porto, assim como, a escrita regular de poemas com a publicação de cinco poemas da sua autoria no livro ‘Antologia de Jovens Poetas do Baixo Minho’, um projeto apoiado pelo IPJ, Delegação da Cultura do Norte e Inatel. Além da publicação da obra ‘Palavras à Procura’ a autora está a preparar um livro com poesia reunida, para ser editado em fevereiro de 2014. É ainda autora do blogue ‘Poesia é fome com outro nome’.

Multifacetada e empreendedora Manuela Teixeira participou ainda no elenco de uma curta-metragem, baseada na obra ‘Os coxos dançam sozinhos’, um trabalho elaborado pelas jornadas de português sobre a literatura policial em Portugal, realizado pelo Dr. Jorge Pimenta, docente da Universidade do Minho.

A entrada neste sarau cultural é livre.

Adicionar comentário

Scroll