Bem-vindo/a a Cabeceiras de Basto

Conteúdo

Centro de Saúde: entupimento de coletor de esgotos resolvido

Comunicação / Esclarecimento à população

9 de outubro de 2018
Centro de Saúde Cabeceiras de Basto
Os serviços da Câmara Municipal tomaram conhecimento na tarde do passado dia 7 de outubro, domingo, de uma anomalia na rede de esgotos na vila de Cabeceiras de Basto, mais propriamente na zona do Centro de Saúde. Imediatamente foi deslocada para o local a brigada municipal de serviço permanente, vulgo piquete, para avaliação e resolução do problema.
Verificada a anomalia que consistia no entupimento da rede, o piquete fez as intervenções preventivas possíveis. A acumulação de águas residuais no parque de estacionamento do SAP – Serviço de Atendimento Permanente – exigiu de imediato a contratação de viatura (trator com cisterna) para a limpeza e retirada das referidas águas, logo na tarde de domingo, o que foi feito.

Como a resolução da avaria só seria possível com recurso a viatura especializada de empresa contratada pela autarquia, foi a mesma acionada, logo na primeira hora da manhã de segunda-feira, dia 8 de outubro, viatura que se encontrava em serviço em Lamego, pelo que chegou ao local cerca das 16h00.

Iniciada a intervenção, o desentupimento e a limpeza do local ficou concluída quando eram 18h00.

A Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, enquanto gestora dos serviços de água e saneamento, possui uma equipa de intervenção permanente para a resolução de problemas emergentes e tem um contrato com empresa especializada para trabalhos de maior complexidade.

Os procedimentos adotados nesta situação foram os procedimentos que temos previstos para situações desta natureza, sendo que a proximidade de uma infraestrutura de saúde obrigou a uma monotorização permanente até à resolução do problema, trabalho acompanhado em permanência pelos técnicos e pelo Vereador do pelouro.

Lamentamos contudo todos os transtornos e inconvenientes causados.

Sobre o encerramento da Unidade de Saúde Familiar “O Basto”, às 15h00, do dia 8 de outubro, segunda-feira, determinado pela Autoridade de Saúde local, a Câmara Municipal, sem por em causa os fundamentos que estiveram na origem da decisão e que temos a certeza foram fundamentos apenas técnicos, entende que, no momento em que a situação se encontrava já em resolução, esse encerramento criou algum alarmismo que consideramos desnecessário e exagerado.

Na verdade, no rés-do-chão do edifício, espaço que sofreu ligeira inundação, está instalado apenas o SAP – Serviço de Atendimento Permanente, que só funciona a partir das 20h00, o que veio a acontecer com toda a normalidade.

Mais uma vez a Câmara Municipal lamenta a situação, mas garante aos Cabeceirenses que a sua missão de prestação de serviço de abastecimento de água e saneamento, entre outros, são prioridades que tem sempre presente na procura da satisfação das necessidades básicas da população, designadamente da qualidade de vida e bem-estar das pessoas, aproveitando esta oportunidade para apelar aos munícipes para a boa e correta utilização dos sistemas, sensibilizando-os, ainda, para que se abstenham de depositar na rede objetos e materiais inapropriados que ponham em causa o bom funcionamento dos sistemas de drenagem, gerando obstruções e entupimentos da rede.

Adicionar comentário

Null
Cabeceiras
Yahoo! Weather
  • Null
  • Null
  • Null
  • Null
Scroll