Bem-vindo/a a Cabeceiras de Basto

Conteúdo

Cabeceiras de Basto recebe Companhia Brasileira Etc

Companhia estará entre 20 e 22 de novembro

2017-11-17
Cabeceiras de Basto recebe Companhia Brasileira Etc
O Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto (CTCMCB) acolhe na próxima semana, de 20 a 22 de novembro, a Cia. Etc, companhia brasileira que apresenta a sua arte universal por quatro cidades de Portugal ao longo deste mês. A Cia. Etc completa 17 anos de existência com uma digressão internacional, desta vez em Portugal. O grupo congrega dança, performance, mostra de videodanças e workshops nas suas apresentações.
As cidades que serão contempladas com a passagem do grupo em 2017 são Coimbra, Braga, Cabeceiras de Basto e Lisboa, entre os dias 10 e 30 de novembro.

A companhia leva nesta circulação por Portugal, o espetáculo ‘Os Superficiais’, a intervenção urbana ‘Involuntário’, ambos criados para serem apresentados em espaços públicos abertos, e uma mostra de videodanças da companhia, que vem investindo desde 2008, ainda no Brasil, nas pesquisas que envolvem o diálogo entre a dança e o cinema.

A companhia apresenta também as suas mais recentes criações de videodanças. Esta é uma linguagem que está presente na companhia há quase 10 anos e que já gerou diversas pesquisas, cursos, intercâmbios e participação em muitos festivais de cinema e videodança do mundo. Para Portugal, especificamente, Cia. Etc leva videodanças de Maxixe, Bokeh, Rebu e Dança Macabra. De referir que a itinerância internacional conta com o incentivo do Funcultura (Brasil).

Enquanto projeto cultural de Cabeceiras de Basto, o CTCMCB, que acolhe a companhia brasileira na próxima semana, pretende através desta iniciativa acrescentar uma dinâmica ainda maior ao concelho, com uma programação que extrapola as fronteiras e expande a cultura local conectando-a com pensamentos artísticos contemporâneos de diferentes partes do mundo.

Com cinco anos de existência, o Centro de Teatro, para além da programação com os artistas locais, já conseguiu desenvolver projetos com o Brasil e com a Grécia, num constante fortalecimento de uma rede de contactos e de parcerias que envolve diversos segmentos das artes e que promove uma efervescência cultural ativa, trazendo à população local uma programa rico e promovendo fora do concelho a cultura cabeceirense.


OS SUPERFICIAIS
Dedica-se à investigação dos tipos de relações estabelecidas com o mundo pós-moderno marcado pela velocidade e superficialidade nas interações sociais, partindo das memórias pessoais de seus artistas criadores Elis Costa, José W Júnior, Marcelo Sena e Renata Vieira. Com direção de Marcelo Sena, o espetáculo inspira-se nas redes sociais virtuais para propor uma obra, um jogo ou uma brincadeira que aposta na tão recorrente exposição pessoal, na cópia compartilhada como original, na velocidade e volume da informação, na superficialidade do conteúdo, na interrupção das ação e na dificuldade de manter um só foco de atenção.

INVOLUNTÁRIO
Na intervenção urbana os artistas estão envoltos numa bolha vermelha e interagem com os passantes dos espaços públicos de grande movimentação do centro urbano, além de gerar posteriormente uma versão em vídeo com a duração de 1 minuto, que fica disponibilizado na internet. A intervenção foi inicialmente criada para ser unicamente uma videodança feita com celular, mas extrapolou os limites da tela, encontrando sua própria trajetória independente em seu formato presencial. Involuntário conta com quatro performers, Elis Costa, José W Júnior, Marcelo Sena e Renata Vieira, que traçam um caminho em meio à cidade buscando aguçar a sensibilidade das pessoas para o momento presente.


O projeto Cia. Etc. descobrindo Portugal tem o incentivo do Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura - FUNCULTURA, com a produção de Hudson Wlamir e conta com os apoios do Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Teatrão, Mosaico - Plataforma de Projetos Inclusivos Artísticos e Educativos, Fundação Bracara Augusta e do Festival InShadow – Vídeo, Performance e Tecnologia, do qual a Cia. Etc. integra a programação do festival na cidade de Lisboa.

PROGRAMAÇÃO

20 de novembro, 10h
INVOLUNTÁRIO
Local: Feira semanal do Concelho

21 de novembro, 17h30
OS SUPERFICIAIS
Local: Praça da República (próximo ao Posto de Turismo)

22 de novembro, 21h30
MOSTRA DE VIDEODANÇAS
Local: Casa do Tempo

FICHA TÉCNICA DA CIRCULAÇÃO

Coordenação do projeto: Marcelo Sena
Dança: Elis Costa, José W Júnior, Marcelo Sena e Renata Vieira
Produção e administração: Hudson Wlamir
Assistência de produção: Júnior Bandeira
Assessoria de Imprensa: Aline Galvão
Fotografia e vídeo: Filipe Marcena
Identidade visual: Raul Kawamura
Tradução dos textos em inglês: Filipe Marcena
Assessoria contábil: Embraccon
Site: Alux Net
Realização: Cia. Etc.
Incentivo: Funcultura
Apoio: CTCMCB - Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto

Adicionar comentário

Null
Cabeceiras
Yahoo! Weather
  • Null
  • Null
  • Null
  • Null
Scroll