Bem-vindo/a a Cabeceiras de Basto

Conteúdo

PMAC - Posto Móvel de Atendimento ao Cidadão

PMAC -  Posto Móvel de Atendimento ao Cidadão
  •  Cuidados de saúde primários (administração de injectáveis e tratamento de feridas)
  •  Telemedicina: realização de actos médicos à distância através de equipamentos de ponta.
  •  Marcação de consultas médicas e encaminhamento para especialidades
  •  Rastreios diversos
  •  Tensão arterial, frequência cardíaca, glicemia capilar, colesterolémia, electrocardiograma
  •  Pagamento das facturas de electricidade, telefone, água
  •  Requerimentos e reclamações diversas

O Posto Móvel de Atendimento ao Cidadão, resulta de uma estratégia que visa a criação de serviços de proximidade à população, tendo em vista um atendimento de qualidade, uma melhoria do acesso a um serviço social integrado, uma divulgação de informação que promova a cidadania e a participação dos cidadãos, bem como a aproximação de uma equipa dinâmica às comunidades, estando atenta à sua vivência, designadamente aos grupos vulneráveis da sociedade, como sejam crianças, idosos, desempregados de longa duração e mulheres. Este serviço é prestado pela BASTO VIDA no âmbito de contrato programa celebrado entre a Câmara Municipal e esta Régie Cooperativa.


A quem se destina?
O PMAC, tem como principal objectivo, apoiar os lugares mais isolados e distantes da sede do concelho, com maior percentagem de população idosa, onde o acesso aos serviços públicos é dificultado pelos vários factores, próprios das características de interior e ruralidade de Cabeceiras de Basto.


Para que serve?
O PMAC surgiu com o intuito de diminuir o isolamento dos idosos e restante população residente nos lugares e freguesias de montanha. Para tal apetrechou-se uma viatura com computador, fotocopiadora, impressora e telemóvel onde funcionários e técnicos da Câmara Municipal prestam o serviço, ou seja, é uma espécie de gabinete ambulante, destinado a apoiar a população nos seus locais de residência, na resolução de problemas relacionados com os serviços da administração pública e instituições locais, na sinalização de situações de risco que se encontrem a descoberto, bem como prestar algum apoio ao nível da saúde, através de um serviço de triagem, como medição de controle arterial, controle da diabetes, entre outros.


Onde presta apoio?
Este serviço de apoio ambulante tem 8 circuitos definidos e desloca-se aos seguintes lugares e freguesias:
  •  Porto d’ Olho, Travassô e Torrinheiras da freguesia de Abadim;
  •  Casares e Carrazedo, da freguesia de Bucos;
  •  Rabiçais, Moimenta, Arosa e Reboriça, da freguesia de Cavês;
  •  Torneiro, Gondiães e Samão da freguesia de Gondiães;
  •  Fojos e Ervideiro da freguesia de Outeiro;
  •  Meijoadela, Vilela, Asnela, Leiradas, Moscoso, Toninha, Formigueiro, Magusteiro, Teixugueiras, Eiró, Riodouro, Fornelo, Costa, Cambezes e Juguelhe, da freguesia de Riodouro;
  •  Lapela, Carvalhal e Celeirô, da freguesia de Cabeceiras de Basto;
  •  Uz, Vilar e Cunhas, da freguesia de Vilar de Cunhas.
Scroll