Bem-vindo/a a Cabeceiras de Basto

Conteúdo

Casa do Tempo completou quatro anos e chega aos 90 mil visitantes

Programa festivo decorreu no sábado dia 5 de agosto

2017-08-08
Casa do Tempo de Cabeceiras de Basto completou quatro anos e chega aos 90 mil visitantes
A Casa do Tempo de Cabeceiras de Basto celebrou na noite do passado sábado, 5 de agosto, o seu quarto aniversário com um programa de animação cultural que atraiu numeroso público.

Inaugurada em 2 de agosto de 2013, a Casa do Tempo atingiu já a fasquia dos 90 mil visitantes.
Para além de ter recebido pessoas de todos os distritos de Portugal, a Casa do Tempo acolheu também visitantes dos cinco continentes, designadamente vindos da Alemanha, Estados Unidos da América, Argentina, Austrália, Azerbaijão, China, Filipinas, Guiné, Índia, Israel, Nova Zelândia, Timor, entre muitos outros países da Europa e dos quatro cantos do mundo.

O programa festivo arrancou na tarde de sábado com a exibição do filme ‘A Gaiola Dourada’ comédia francesa, escrita e realizada pelo luso-francês Ruben Alves, que retrata a comunidade de emigrantes portugueses radicados em França.

À noite, a Banda Juvenil Cabeceirense atuou junto à Ribeira de Penoutas, precisamente em frente à entrada da Casa do Tempo, onde o público e os convidados presentes cantaram os parabéns. Depois do corte do bolo brindou-se aos quatro anos de sucesso deste que é um verdadeiro centro interpretativo do concelho.

O presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, o presidente da Assembleia Municipal, Eng. Joaquim Barreto e o vereador Prof. Mário Leite, entre outros autarcas, associaram-se à animada festa de aniversário.

Na Casa do Tempo, os visitantes podem, através do recurso às novas tecnologias de informação e comunicação, aceder à informação turística do concelho, mas também inteirar-se da dinâmica local registada nos diversos setores de atividade, assim como, conhecer as potencialidades que o concelho encerra.

Vitrine da nossa história, usos, costumes, natureza, território e pessoas, a Casa do Tempo apresenta uma forte componente multimédia, que projeta as riquezas do território num futuro que se pretende seja marcado pela tecnologia e pela inovação ao serviço da população.

De salientar que a Casa do Tempo é também um Centro UNESCO, um espaço que tem como objetivo colaborar com as instituições locais, regionais ou internacionais, na realização de ações que têm ligação com a UNESCO, em particular com a Comissão Nacional da UNESCO.

Adicionar comentário

Null
Cabeceiras
Yahoo! Weather
  • Null
  • Null
  • Null
  • Null
Scroll